Você está aqui: início > famÍlia > HEBIATRA, TEMPO, GRATIDO.

banner

No porta retrato que Lara segura está uma foto do irmão dela, Pedro, quando tinha uns 4 anos. Agora, aos 14, o levei numa consulta com um Hebiatra, médico com especialidade em adolescentes. Foi incrível vê-lo ser chamado pelo médico e a porta se fechar atrás dele. Lá dentro falariam de hábitos, saúde, dúvidas, certezas, alertas em que eu, a mãe, estava dispensada de participar. Ver meu menino tornar-se homem, dia a dia, pouco a pouco é um misto de surpresa, medo, orgulho, alegria, há um eterno susto no meu olhar..

O tempo é essa coisa incrível que é impossível prender entre os dedos, mesmo se quiséssemos. Ele passa, ele voa, ele vai e é isso! Para as mães o passar do tempo deixa de ser algo não visto…a cada “pá-pá”, dente que cai, engatinhar, a cada gol, a cada bicicleta sem rodinha, a cada “que mico, mãe”, “pode deixar que vou sozinho” ele deixa claro que é impiedoso. A maternidade simplesmente escancara isso, diariamente, na nossa cara e, por incrível que pareça, esse é mais um presente que recebemos dela: ao presenciar o tempo passar, valorizamos cada minuto.

Quero, a cada dia mais, fazer valer a pena essa minha - breve, como todas - passagem por aqui. Se puder que seja sempre AMOR, senão, que nem seja. Se puder, que seja sempre GENEROSIDADE, senão pode ir. Se puder que seja INTEIRO, não estou disponível para pedaços. FOCO, para saber exatamente as batalhas que valem a pena e CORAGEM, para ser feliz ela se faz imprescindível.


(01/12/2017)